sexta-feira, 13 de maio de 2011

Resenha sobre o tabagismo

Disciplina: Metodologia


Por: Bonarotte Montellano, Carolina Araújo, Jéssica Gonçalves, Juliana Herculana, Nágila Aparecida, Nayara de Avelar, Nayara Rafaela, Roberta Gonçalves


O tabagismo é a principal causa prevenível de morte no mundo. Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), mostram que o tabaco foi responsável por mais de 100 milhões de óbitos no século XX e a tendência é de que no século XXI esta ocorrência será equivalente à um bilhão em todo mundo.

No Brasil o número de óbitos ocasionados pelo tabaco foram de 13,64% , ou seja, tivemos 24.222 perdas devido a esse temeroso vício.

Os dados demográficos dos pacientes foram avaliados de acordo com: idade, grau de escolaridade, gênero e estado civil.

E uma descoberta principal foi a contradição entre o reconhecimento do tabagismo como dependência e o reconhecimento da dependência como doença. Pois, dificilmente os viciados em tabaco admitem sua subordinação ao vício, dificultando assim uma possível ajuda tanto psicológica quanto social, que é a parte relacionada a sua vida e o meio em que vive.

Enfim, em muitos pacientes internados a maioria dos diagnósticos estão relacionados ao tabaco, pelo paciente fazer uso de tal ou por ser passivo. Apesar de tantas campanhas, mesmo assim as pessoas fingem não enxergar.


Fonte: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1806-37132010000200010&tlng=pt

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário