quarta-feira, 11 de novembro de 2009

OS BENEFÍCIOS DA ATIVIDADE FÍSICA AOS ADOLESCENTES

(Postado por: Carla Luiza, Fernanda Alves, Jéssica Carolina, Priscila de Carvalho, Verônica Cristina, Verônica Felipe)


Nas últimas décadas tem-se destacado a importância da aquisição e da manutenção de hábitos saudáveis visando a melhoria da qualidade de vida da população. Referenciais direcionados à adoção de um estilo de vida mais saudável, a partir de uma prática de atividade física, têm sido advogados na prevenção de doenças crônico-degenerativas que afligem a população em geral, inclusive cardiopatias coronarianas, artrites, diabetes, câncer, osteoporose, doenças pulmonares crônicas, acidente vascular cerebral e obesidade.
Muitos estudos sugerem que a obesidade infantil está mais associada à inatividade física do que à superalimentação. O sedentarismo é atualmente um dos grandes problemas da modernidade e também atingem diretamente o adolescente.

Sabe-se que, na maioria das escolas, os adolescentes não recebem informações suficientes sobre a correlação entre aptidão física e saúde. Adolescentes fisicamente ativos e em boa forma física possuem benefícios quanto à eficiência e quanto à qualidade do sono, enquanto adolescentes inativos queixam-se de sono ruim, de baixa eficiência e conseqüentemente sentem-se mais estressados. O exercício físico provoca o aquecimento corporal, diminui a latência do sono, ou seja, facilita o início do sono. Em indivíduos sedentários a prática de exercícios físicos no início da noite pode acarretar insônia, o que não acontece com indivíduos treinados.

O exercício físico exerce um efeito sobre os transtornos de humor.
Os exercícios predominantemente aeróbios (corridas, caminhadas, natação, ciclismo, entre outros) são os mais indicados para a promoção e manutenção da saúde. Acrescenta, também, a necessidade de um trabalho profilático desde a infância, alertando para os riscos de uma
vida futura marcada pelo sedentarismo, bem como, a conscientização dos benefícios imediatos decorrentes das atividades físicas de modo geral.

Mediante o exercício de atividades aeróbias, o sistema nervoso central também é estimulado, liberando maiores quantidades de endorfina que quando mergulhadas na corrente sangüínea agem na musculatura provocando a
sensação de relaxamento e bem-estar. Em virtude destes benefícios a atividade física aeróbia, vem sendo muito citada no tratamento de doenças psico-depressivas, como também no tratamento da obesidade.

Existem critérios a serem seguidos para a prescrição de exercícios, como curvas de maturação funcional, o estado nutricional, a maturação biológica e a prática esportiva.
Em relação ao tipo de atividade, indica-se qualquer das atividades que empreguem grandes grupos musculares, mantendo de forma continuada, rítmica e aeróbia. Por exemplo: caminhadas, corridas, ciclismo, entre outras. Além destas, considera-se também importante e significativo o envolvimento com atividades físicas laborais, domésticas e de lazer.
É pertinente ressaltar a importância da prática do exercício físico de forma orientada, com programas estruturados e acompanhados por profissionais habilitados, para que realmente o objetivo do treinamento seja alcançado, e, conseqüentemente, possam ter um impacto positivo no crescimento e desenvolvimento do adolescente, possibilitando a promoção da socialização, da motricidade, do auto-conhecimento corporal, da melhora da auto-estima e do auxilio na prevenção da obesidade e de outras doenças crônico-degenerativas.

Fonte: http://www.saudecomaventura.com.br/dicasaventureiro/Beneficio1.PDF

Imagem: http://www.meionorte.com/josefortes,9,data,2009-7-21.html

http://www.iasp.br/escoladeesportes/ConteudoMat.aspx?conid=87

Um comentário:

  1. Bom texto. ajudou eu na minha prova. obrigado

    ResponderExcluir